Sistema Nervoso: Como os Minerais Podem te Ajudar?

 

Quando se fala em sistema nervoso, refere-se ao cérebro e todos os neurônios responsáveis pela transmissão de informações em nosso corpo. Estes, podem se estendem da cabeça a todos os órgãos e membros (inclusive os pés), podendo atingir mais de um metro de comprimento.

E, para que estes sinais sejam efetivos, são requeridos diversos minerais de nosso corpo, geralmente obtidos através da alimentação. Dentre eles, destaca-se magnésio e cálcio.

 

O que interfere no funcionamento do sistema nervoso?

Como já lhe dissemos anteriormente, o sistema nervoso desempenha função de integração e comunicação de todo os sistemas do corpo. Existem diversos fatores que interferem neste funcionamento:

  • Estímulos: quanto mais estímulos um grupo de neurônios tiver, maior será sua especialização. Por exemplo: artesãos precisam de muita habilidade nas mãos, e assim, desenvolvem movimentos finos e minuciosos.
  • Disponibilidade de potássio e cálcio: estes são responsáveis pela transmissão das informações nervosas. Ex: ao colocar sua mão em uma chapa quente, será enviado um sinal imediato para seu cérebro (através dos neurônios), para que retire sua mão; essa rapidez é possibilitada por estas duas substâncias (provenientes principalmente da alimentação).
  • Magnésio: este mineral possui ação na absorção de cálcio, sendo essencial para o pleno funcionamento das funções em questão.

 

Principais funções envolvidas

Mesmo sabendo que as ações do sistema nervoso são amplas, vale ressaltar algumas delas:

  • Concentração: a capacidade de realizar uma tarefa com muita atenção, é possibilitada por regiões específicas do sistema nervoso.
  • Memória: lembrar-se de fatos recentes e antigos, e também de tarefas a serem realizadas, é tarefa do cérebro.
  • Idiomas: falar uma nova língua depende do armazenamento de um novo “dicionário” em nosso cérebro – chamado de léxicon.
  • Coordenação de movimentos: em conjunto com o cerebelo, o cérebro envia informações para todos os membros sobre os movimentos que deve desempenhar.
  • Sono: dormir e acordar são fenômenos controlados pelo ciclo circadiano – também envolvido com substâncias e percepções de regiões especiais do cérebro.

Vale lembrar, que estas são apenas algumas das tarefas desempenhadas, mas que merecem atenção especial! Todas são dependentes de impulsos nervosos, e principalmente: da velocidade com que eles são transmitidos.

 

Onde encontrar cálcio e magnésio?

Levando em conta o fato de estes minerais estarem presentes na alimentação, é interessante ressaltar que nem sempre são fornecidos da forma correta.

Onde encontrar cálcio e magnésio?

Depois de diversos estudos e pesquisas, encontrou-se uma substância especial, proveniente da extração de rochas, que pode suplementar tanto o cálcio como o magnésio de uma forma incrível, melhorando diversas funções do nosso corpo.

Esta suplementação milagrosa é com a dolomita, totalmente natural, e encontrada no mercado tanto na forma de pó quanto de comprimido. Destaca-se o Cadmus XT3 como o produto mais seguro e confiável para suplementar!

Cadmus XT3 Dolomita - Onde encontrar cálcio e magnésio?

Benefícios do Cadmus XT3

O Cadmus XT3 possui diversas ações positivas a nível de sistema nervoso central:

  • Promove a concentração, possibilitando maior rendimento em estudos e/ou trabalho.
  • Melhora da memória, permitindo que as tarefas sejam realizadas adequadamente.
  • Auxílio na aprendizagem de novos idiomas e assuntos.
  • Melhora da qualidade do sono, através de refinamento no controle do ciclo circadiano.

Além disso, pode agir sistemicamente, nos mais diversos órgãos:

  • Promove fortalecimento ósseo e muscular, evitando diversas doenças, como a osteoporose.
  • Age a nível de estômago, melhorando o funcionamento deste e prevenindo a gastrite.
  • Melhora da saúde bucal.
  • Garantia de bom funcionamento do coração e vasos sanguíneos.

E muito mais!

 

Segurança

Diferente de outros suplementos, o Cadmus XT3 contém níveis adequados de cálcio e magnésio, que não prejudicam as funções fisiológicas.

Mas, no surgimento de qualquer sintoma adverso, consulte seu médico. É essencial que seja feita uma consulta também antes do uso, para garantir que o produto não acarretará em riscos.

Existem algumas contraindicações da dolomita: crianças, gestantes, alérgicos e pacientes com insuficiências crônicas. Nestes casos, indica-se a suspensão do uso.

 

Onde encontrar a Dolomita?

Como já lhe dissemos, a melhor fonte de dolomita é o Cadmus XT3, um produto lançado recentemente e que vem fazendo o maior sucesso. Atualmente, o site de vendas conta com uma promoção, que já esgotou 67% de todo o estoque.

A compra pode ser feita online, e a entrega do produto será feita diretamente em sua casa. Dependendo do número de embalagens compradas, você pode levar o frete grátis e ainda ganhar um ebook, com dicas que irão complementar sua mudança em busca de mais saúde e qualidade e vida.

Onde encontrar a Dolomita?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.